Mente em silêncio

foto: Ana Falcão

foto: Ana Falcão

Tenho uma amiga (especial e única) que diz que tenho muitas histórias! (Miriam Pires) Esse feriado pensei muito nela, nas coisas que me diz, no quanto me ouve e me respeita do jeito que sou, e no quanto me ensina (sem nem saber). Sexta agora, uma pessoa que ouviu umas duas coisinhas simples sobre a minha vida e já me olhou do jeito que ela me olha – surpresa, às vezes.

Tenho sim muitas histórias… tantas que nem consigo acreditar que vivi todas intensamente e que todas juntas “sou eu”!

Descubro, dia após dia, que apesar de gostar de uma boa conversa e de boa música, é o silêncio que me fascina. É quando o silêncio tranquiliza minha mente que me sinto feliz. Nos últimos dias, estive junto à Natureza, em atividades que não fazia há anos. Achei que ali, no meio das trilhas e das águas, ficaria perturbada por lembranças de momentos, pessoas, histórias passadas, mas foi ao contrário. Minha mente ficou quietinha e atenta aos detalhes, pensando sim sobre o “hoje” , só sentindo a Natureza e ouvindo os sons que ela emite… É mágico.

É como no aikidô… No tatame, minha mente silencia e mostro quem sou, sem máscara alguma.

É como nos momentos mais felizes da minha vida… Não sou atropelada pelos meus pensamentos complexos, nem minhas teorias milimetricamente pensadas, nem me sinto atordoada por medos e defesas. Só sinto…

…e quem me conhece e me toca de verdade, conhece no meu silêncio.

Anúncios

Quero sua opinião! Fique a vontade...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s