Registro de felicidade

Minha fotografia fala muito de mim. Não é apenas o meu olhar diante do mundo, é também meu jeito silencioso de mostrar quem eu sou.

Gosto de detalhes! Gosto de ver o que ninguém vê, de observar, valorizar detalhes que a maioria nunca notaria.

O registro fotográfico é “quadrado”, tem limites fixos, mas minha visão não. A câmera registra o que eu vejo, não o que ela quer. Vejo diferente, torto, como alguns diriam. Viro a câmara até encontrar o meu ponto de vista, sempre fora da curva.

Busco a alma. Amo o espontâneo porque nele há verdade, sinceridade. Não gosto de poses. Até em estúdio, incentivo os sorrisos soltos e o movimento. A vida flui, como minha fotografia seria diferente? Sim… às vezes borra, às vezes sai do foco, tá… e daí? A vida é assim também e continua sendo linda!

Até entendo que algumas pessoas busquem perfeição estética a todo custo (nem que seja no Photoshop…rs), mas, de verdade, é isso que tem valor para você? Pra mim, não tem. Prefiro fotografar felicidade, olhares de amor, sorrisos em família, gargalhadas entre amigos. Isso é eterno. Aí existe beleza.

familia feliz

Minha verdadeira alegria é fotografar o que tem valor e levar felicidade ao coração das pessoas. É minha missão… Hoje é o Dia do Fotógrafo e estou aqui para agradecer a cada pessoa que imprimiu sua felicidade nas fotos da minha vida. Obrigada!

Se permita!

nossa primeira orquidea_2

Escrever sobre o meu 2013 é impossível e nem vou me dar ao trabalho de tentar (rs). Entre as escolhas que fiz, está escolher o que é leve e leve hoje é apenas refletir em silêncio sobre o ano mais importante da minha vida, agradecer cada lição e cada momento em que fechei os olhos para sentir a felicidade correndo plena pelas minhas veias. Até o último dia desse fantástico ano, fiz a melhor coisa que alguém pode fazer por si mesmo: VIVER! 2013 me ensinou muito e me preparou para o melhor ano da minha vida: 2014!!! (como sei? eu sei e faz tempo)

Um dia, num post anterior, contei o que pedi nos primeiros minutos nos últimos 20 anos e hoje confesso a vocês que 2014 teve de mim um pedido diferente, do qual me lembrarei todos os dias e em cada decisão. A tal sabedoria que pedi sempre, agora tem uma missão na minha vida e é com ela que me dedicarei a cumprir e realizar os sonhos do meu coração.

Hoje desejo a você o que desejo a mim mesma: SE PERMITA!

Se permita ser feliz, amar, realizar, conquistar, sonhar… e faça isso tudo MUITO e INTENSAMENTE! Se algo te atrapalhar, tire da frente sem medo, derrube, encare, lute, vença. Se for preciso pedir ajuda pra liberar caminho para sua felicidade, peça e nem demore, porque o tempo é valioso e merece ser tratado como tal. A vida é sua, assim como todas as suas pequenas decisões diárias, e nem tente transferí-la para outras pessoas ou dar desculpas para se acomodar na tristeza. Respire, se posicione, tenha um sonho no coração e não pare nunca parar assistir sua própria vida passar. VIVA DE VERDADE!

Ah! Seja grato, inclusive pelos detalhes. Esse é um dos segredos da felicidade.

OBRIGADA, VIDA! Obrigada, 2013, pelos sorrisos e lágrimas e por toda oportunidade que me apresentou quando já tinha maturidade para dar o devido valor. Obrigada pelas valiosas amizades (todas – as novas e as eternas)… Obrigada pela felicidade, pelo aprendizado, pelo amor. Obrigada por me lembrar que a vida é cheia de surpresas maravilhosas e verdadeiros milagres.

2014, seja bem vindo! Faremos coisas incríveis juntos!